30 de mai de 2010

Telemedicina afasta usuários dos hospitais

Os Serviços de Saúde de North East Essex, no Reino Unido, registaram um decréscimo de 44 por cento nas visitas aos hospitais desde que foi implementado um sistema de telemedicina na região.

A informação foi fornecida pelo portal Public Technology e dizem respeito aos primeiros seis meses de teste do projeto. Com base nestes valores, a organização acredita que até uma centena de pacientes com doenças crônicas, como os que sofrem de doença pulmonar obstrutiva ou insuficiência cardíaca, podem beneficiar-se de uma melhor prestação de cuidados de saúde.

Através deste sistema os pacientes podem medir diariamente em casa ou na unidade de saúde mais perto da residência aspectos como a pressão arterial, peso, temperatura ou os níveis de oxigénio, entre outros. Esta informação é depois enviada em tempo real para um especialista, que avalia se o paciente necessita de algum cuidado especial.
Enviado por: Renato M.E. Sabbatini, PhD via SBIS NEWS

Postagens populares