Mídias Sociais do TI Medicina

Instagram rss/feed twitter TI medicina contato FacebookLeandra Carneironome skype: timedicinaimessage: contato@timedicina.com.br

1 de jul de 2015

Pericoach: dispositivo para smartphone para distúrbios do assolho pélvico

O assoalho pélvico consiste em um conjunto de músculos , ligamentos e tecido de sustentação que reveste a abertura inferior da bacia. Os músculos do assoalho pélvico estão localizados entre as coxas, na região dos genitais mantendo a continência urinária e fecal e tem papel importante na esfera sexual.

As disfunções do assoalho pélvico podem causar:
- Perdas involuntárias de urina e fezes;
- Descida dos órgãos genitais (prolapsos) no reto , útero e vagina; 
- Prisão de ventre (constipação),dor pélvica, sensação de frouxidão vaginal (nas mulheres);
- Disfunção eretiva (nos homens); 
- Dor no momento da relação sexual.

Muitas são as causas das disfunções do assoalho pélvico como idade, partos complicados , cirurgias pélvicas , obesidade , período pós menopausa. 

As mulheres são as mais acometidas por estas disfunções por razões anatômicas e hormonais. (fonte)

PeriCoach é um dispositivo que acabou de ser liberado pelo FDA nos EUA, o qual ajuda com o treinamento a base de exercícios para o assoalho pélvico, fornecendo feedback em tempo real, que é transmitido para um smartphone. Além disso, é o primeiro sistema que registra os resultados ao longo do tempo para que eles possam ser compartilhados com um médico ou fisioterapeuta da saúde pélvica.
PeriCoach combina um sensor de treinamento do assoalho pélvico, que você insira e aperte contra, com um aplicativo em seu smartphone (Android ou iOS). Ele fornece orientação através de sua sessão de treinamento e monitoriza o seu progresso.

Como funciona

O dispositivo de treinamento PeriCoach contém três sensores de biofeedback. Uma vez inserido, deve-se contrair a musculatura em torno do dispositivo e os sensores detectam as contrações dos músculos do assoalho pélvico e enviam um relatório para o smartphone via Bluetooth. Ele fornece um fluxo constante de informações para mostrar o progresso, o que permite ver e documentar seus resultados.





24 de jun de 2015

Gravuras didáticas para estudantes de medicina e profissionais de saúde


Fonte: Reflejo Cremasterico

18 de jun de 2015

Inscrições para Especialização em Informática em saúde pela UNIFESP à distância (2015-2016)



Está aberto  o processo de seleção do Curso de Especialização em Informática em Saúde UAB/UNIFESP, modalidade a distância. O período de inscrição vai de 17/06 a 15/07/2015.


Edital para TUTORES se candidatarem para trabalhar no curso

Especialização em Informática em Saúde

Objetivos do Curso
Oferecer as condições necessárias à especialização em informática em saúde na modalidade educação a distância aos profissionais interessados;
Socializar conhecimentos já produzidos e organizados da área da informática em saúde;
Desencadear novos processos sistematizados e orientados de produção de conhecimento em informática em saúde;
Proporcionar conhecimentos suficientes para a gestão de serviços de informática no ambiente de saúde.
Público Alvo
Este curso destina-se a profissionais graduados, com nível superior concluído, das áreas de saúde, biológicas, exatas e humanas com interesse de formação em informática em saúde.
Concepção do Curso
Esse curso é realizado na modalidade à distância, utilizando o ambiente virtual de aprendizagem oficial da UNIFESP, que é a plataforma Moodle, para apresentação
do conteúdo e para o cumprimento das atividades avaliativas.
O curso baseia-se na compreensão da aprendizagem como um processo de construção coletiva de conhecimentos a partir da reflexão sobre a prática. Proporciona aos participantes um conjunto de experiências de aprendizagem individual e coletiva com o objetivo de prepará-los para entender e atuar em hospitais e serviços de saúde onde haja sistemas de informação de saúde e outros recursos baseados no uso das tecnologias de informação e comunicação na saúde.
Possui acompanhamento de tutoria. Os tutores são especialistas no conteúdo do curso e selecionados previamente pela Coordenação. Durante todo o curso, o tutor estará disponível para:ƒƒ esclarecer dúvidas sobre o conteúdo do curso; acompanhar a frequência e o aproveitamento dos participantes; receber sugestões para melhoria do curso; facilitar o entendimento das disciplinas e acompanhar o aluno no processo de aprendizagem.
Temas Abordados
História da Informática em Saúde
Fundamentos da Informática em Saúde
Fundamentos das Ciências da Saúde
Fundamentos das Ciências da Computação
Estratégias e Técnicas de Gerenciamento de Dados
Bases de Dados em Saúde
Sistemas de Informação em Saúde
Prontuário Eletrônico do Paciente
Metodologia Científica em Informática em Saúde
Imagens Médicas
Telemedicina e Telessaúde
Padrões de Normatização em Informática em Saúde
Gestão e Economia em Saúde
Tecnologias para Capacitação Profissional em Saúde
Carga Horária
490 horas
Início e Duração
23 de agosto de 2015, 15 meses
Turno
Realizado a distância, com indicação de duas horas diárias de estudo, 5 dias na semana, com 3 encontros presenciais ao longo do curso no polo UAB (aos sábados)
Valor da Inscrição e Mensalidade
Curso gratuito
Local da Inscrição: http://portal.uab.unifesp.br/?p=1979
Certificação
O aluno que cumprir satisfatoriamente todas as exigências do curso receberá Certificado de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, em “Especialização em Informática em Saúde”, expedido pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP – EPM e credenciado pelo MEC (Credenciamento para a oferta de cursos superiores à distância – Portaria nº 804/06 de 27/03/2006 publicada em 28/03/2006).

17 de jun de 2015

Aplicativos Médicos: WhiteBook Clinical Decision



A PEBmed Apps acabou de lançar uma atualização do seu maior sucesso: Whitebook - Clinical Decision.
Já está disponível para Android: http://bit.ly/1T27WMP, logo estará também disponível para iOS.









Whitebook - Clinical Decision
Idioma: Português
Preço: R$23,99

13 de jun de 2015

Palestra online gratuita: Realidade Virtual e Aumentada aplicada à Saúde 06/07

A Diretoria de Educação da SBIS tem o prazer de convidar a todos para a 4ª palestra do VI Ciclo de Seminários Online de Informática em Saúde. No dia 06/07/2015, teremos a palestra Realidade Virtual e Aumentada aplicada à Saúde.

Resumo: A Realidade Virtual é uma área tipicamente multidisciplinar que envolve conceitos provenientes das Engenharias, Computação, Física, Artes e também da área específica da aplicação à qual ela se destina. Por permitir uma interação humano-computador mais natural em ambiente tridimensional e possibilitar a reprodução de situações reais, torna-se um recurso de amplo potencial para a área da saúde. Esta palestra aborda conceitos, desafios e oportunidades de aplicações de Realidade Virtual na área de saúde no Brasil, apresentando um estudo sobre as pesquisas na área e aplicações desenvolvidas. A análise da situação atual mostra que há vários grupos brasileiros de pesquisa desenvolvendo aplicações com grande diversidade de assuntos, contemplando principalmente as áreas de treinamento e educação. A partir da análise conduzida, verifica-se que ainda há vários desafios a serem superados a fim de que as aplicações de Realidade Virtual sejam incluídas na rotina dos profissionais da área de saúde. Se por um lado tais desafios retardam o uso efetivo desta tecnologia na prática, por outro constituem oportunidades ímpares de pesquisa e desenvolvimento. 


Palestra: Realidade Virtual e Aumentada aplicada à saúde

Data: 06/07/2015 

Horário: 20h00 às 21h30 



Mini Currículo da palestrante:

Graduada e mestre em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia de São Carlos - USP, doutor em Física Professora da Universidade de São Paulo. Bacharel em Ciência da Computação, Mestre em Engenharia Elétrica, Doutora em Física Computacional. Trabalha na área de processamento gráfico aplicado à saúde, desenvolvendo pesquisas na área de treinamento médico virtual, jogos sérios para saúde, sistemas de auxílio ao diagnóstico e recuperação de imagens e modelos tridimensionais por conteúdo. Atualmente tem se dedicado a orientar e desenvolver trabalhos na área de simulação de procedimentos virtuais e jogos de reabilitação. É pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Sistemas de Informação (EACH-USP) e do Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica (EP-USP).


Você é nosso convidado. A palestra é aberta ao público em geral, sem necessidade de inscrição prévia. Para acessar a sala virtual de webconferência, utilize um navegador de internet, acesse o link abaixo e entre na sala como Convidado, usando o seu nome. 

http://meet52658369. adobeconnect.com/vi_ciclo_ seminarios_online_tics_sbis/

6 de jun de 2015

Aprendizado de máquina: Site da Microsoft advinha a idade do usuário e compara fotos de "separados ao nascimento"

Há pouco tempo a Microsoft lançou o site How-old.net com a proposta de reconhecer a idade de uma pessoa a partir de uma foto enviada. Recentemente o serviço ganhou uma versão para Windows Phone.
Outro site, também da Microsoft compara 2 fotos e diz se são gêmeos, o TwinsOrNot.net
No primeiro site usei uma imagem da Kate Perry e no segundo site uma imagem dela com a Zooey Deschanel
Ambos fazem parte do Machine Learning da Microsoft, e foram projetados em algumas horas com o objetivo de demonstrar como é fácil para os desenvolvedores construírem aplicações usando os Face APIs e publicá-los na internet. O site TwinsOrNot usa o Face API do Projeto Oxford, que tem outros recursos como agrupamento de faces e busca de faces similares (algumas podem ser testadas aqui).

A Face API também está sendo usada na pesquisa de imagens do Bing. Basta clicar em http://bing.com/images, digitar o nome de alguma pessoa, clicar na foto e ao passar o cursor sobre a foto aparece o #HowOldRobot.

Utilizando o #HowOldRobot na pesquisa de imagens do Bing
É possível desenvolver o seu próprio API no https://studio.azureml.net/ ou ainda descobrir APIs adicionais na Biblioteca Azure de Aprendizado de Máquina.

Dá para se divertir um bocado com esse sites!

Postagens populares