16 de out de 2012

Inovação em estudo de anatomia engloga cadáveres, iPads e telemedicina

Novo centro de Anatomia formará médicos com aprendizado interativo baseado em novas tecnologias. 



A UCSF, Universidade da Califórnia, São Francisco desenvolveu um centro de estudo de anatomia inovador, que mescla métodos tradicionais de aprendizado como dissecção em cadaveres e novas tecnologias como iPads e câmeras de vídeo. 

Os alunos, além de dissecar cadáveres embalsamados, realizam procedimentos médicos e cirúrgicos em tecido fresco, interpretação de imagens de ultra-som e exame físico do paciente tanto em atores como em manequins e utilizam iPads com livros didáticos interativos, gráficos detalhados, quizzes e vídeos.

Monitores de vídeo HD de 72 polegadas revestem as paredes e conectadas a câmeras móveis e iPads, os alunos serão capazes de interagir com o material de aprendizagem e observar descobertas colegas de classe sem sair de suas estações de trabalho. 

Teleconferência no Centro de Aprendizagem de Anatomia vai permitir a conexão com locais remotos, como salas de cirurgia, clínicas, salas de aula e centro de simulação para assistir a procedimentos e aprender a técnica, além de realizar procedimentos em tecido fresco e manequins, simultaneamente.

UCSF reuniu alunos, educadores, médicos, designers e tecnólogos para criar um espaço de ensino que seria convidativo e adaptável, ao mesmo tempo funcional para o material cadavérico e seguro para os alunos da faculdade. Para acomodar um conjunto tão desafiador de pedidos, muitos recursos teve que ser construído sob encomenda para o espaço, incluindo o sistema de fornecimento de ar, as mesas de cadáver e da rede de tecnologia. O centro custou $75 milhões e foi custeado por fundos públicos e privados.


Postagens populares