11 de set de 2014

Apple Watch e e-saúde? Ainda não...

Para quem, como eu, esperava inovação em gadget de saúde em forma de wearable device, ficou meio decepcionado com o Apple Watch, o relógio inteligente da Apple lançado essa semana.

Como já publicado anteriormente (iWatch da Apple poderá monitorar dados de saúde), baseado nas contratações da Apple, esperávamos mais funcionalidades médicas, mas o que foi lançado foi um excelente dispositivo de fitness.

Prevíamos um relógio que medisse saturação de oxigênio, níveis de glicose, além de frequência cardíaca e atividade física, mas o que foi lançado foi um gadget que pode medir sua atividade diária, desde movimentos, exercícios e repouso, sendo programável com metas para cada um desses.

O Apple Watch também pode ser usado para monitorar esportes específicos, como corrida, ciclismo, caminhar, etc... Também conta a quantidade de calorias gastas de acordo com sua atividade total diária.

Quem já usava algum dispositivo de fitness ficará feliz em trocá-lo pelo Apple Watch. Mas nós, da Informática em Saúde, esperávamos mais em termos de e-saúde (eHealth).

Esperamos que esse seja somente um estágio no dispositivo que a Apple pretende desenvolver com base em suas contratações para o projeto. E que venha, em um futuro próximo, realmente um relógio com funcionalidades médicas! Esperamos ansiosamente!

Veja mais no vídeo abaixo:

Postagens populares