12 de fev de 2012

A tecnologia móvel não é usada em consultas de convênio


Outro dia eu estava mostrando uns aplicativos de urologia para um amigo e explicando todas as utilidades na orientação de pacientes e ele me disse: " É tudo muito bonito, mas com o que eu recebo dos convênios não posso me dar ao luxo de me demorar na consulta."

Eu me dei conta de que realmente a remuneração dos convênios para consultas médicas é praticamente o "INAMPS e o FUNRURAL" de antigamente. Não digo o SUS hoje, pois é muito difícil alguém receber consultas prolabore do SUS (me corrijam se eu estiver errada), a maioria trabalha assalariada no SUS em termos de consultas ambulatoriais.

A clientela de consultórios médicos hoje é predominantemente de convênios, principalmente planos empresariais que tem a sua remuneração mais baixa. O volume de consultas que os profissionais de saúde tem que atender para manterem o faturamento adequado aos custos de um consultório, atualmente é grande, não permitindo que a consulta se prolongue. 

Assim, toda a tecnologia disponível para agregar valor à consulta médica, tornando a orientação do paciente com vídeos explicativos e imagens elaboradas mais efetiva e interessante, não é usada nos consultórios particulares pois o custo-benefício não compensa em convênios.

Uma lástima...


Postagens populares