Têndêcias Tecnológicas para Medicina em 2015

Retornando às atividades do blog após pequenas férias, abordarei algumas tendências de tecnologias que devem ser aprimoradas ou mais utilizadas em 2015 na Medicina.

1- Medicina na Nuvem:

Utilizar memória, capacidade de armazenamento, softwares, programas médicos, ferramentas, base de dados, etc, compartilhados e interligados por meio da internet, sem necessidade de instalar programas ou armazenar dados é o que fazemos quando utilizamos a computação em nuvem. Cada vez mais esses recursos são utilizados pelos médicos com a vantagem de economia de custos, onde não é preciso investir em infraestrutura como servidores e licenças de software. A possibilidade de ajustar o que é pago ao que é demandado, facilita no momento de adequar o sistema às necessidades do profissional, como pagar valores diferenciados por um Prontuário Eletrônico online, de acordo com a quantidade de profissionais que o usarão. Outra vantagem é a segurança de dados: provedores de cloud computing seguem padrões internacionais de segurança, como ISO, SSL, criptografia avançada e outras. Além disso, ao perder um notebook ou mesmo um celular, informações confidenciais não vão embora junto com o aparelho: elas estão armazenadas na nuvem e se mantém protegidas e disponíveis nela.
Além de prontuário eletrônico, há vários outros serviços disponíveis na nuvem como gestão empresarial, captura e armazenamento de imagens, telemedicina, etc.
Uma tendência da cloud computing na Medicina para 2015 é a “Hybrid Cloud", uma combinação entre “Private Cloud” (criar sua nuvem, com a necessidade de hardware e softwares para atender seu modelo com a estratégia de segurança de dados que atenda seu negócio) e “Public Cloud”  (fornecedor entrega “pacote” pronto para ser utilizado).

2 - Impressão 3D:
Aplicações da impressão 3D na Medicina
A técnica de impresão 3D permite uma personalização sem precedentes na história da Medicina. Utilizando pó, gel ou filamento de metal ou de plástico, a impressora 3D imprime camada por camada peças tridimensionais como vistas na imagem acima: próteses faciais, próteses, réplicas de partes do corpo e  implantes sob medida. Há a promessa de imprimir órgãos humanos e tecidos em um futuro não muito distante! Essa técnica auxilia o trabalho dos médicos e melhora a qualidade de vida dos pacientes. 

3- Big Data e Data Mining
Outra tendência importante que não deve ser ignorada em 2015 é  lidar com grande volume de dados : gerenciando e sabendo usar. A virtualização do armazenamento e eliminação de dados duplicados passa a ser uma necessidade crescente. E os benefícios são percebidos pelo gestor e pelos profissionais de saúde na tomada de decisão. 
As ferramentas de apoio a decisão tendem a se tornar mais personalizadas, como o OpenCDS e uma solução que me empolga, é o InfoButon
InfoButon (Anticipatory Passive Decision Support) é uma ferramenta computadorizada de busca de informação que fornece acesso contínuo a recursos de conhecimento contextualmente relevantes no âmbito dos sistemas de informação clínica como prontuários eletrônicos. São uma abordagem promissora para apoiar a tomada de decisão clínica, ajudando profissionais para atender com eficácia e eficiência as suas necessidades de informação. Por exemplo, ao clicar em um Infobutton próximo a um diagnostico na lista de problema, ele informaria links com temas como diagnóstico, tratamento, etiologia ou prognóstico provenientes de uma base de dados como o UpToDate, Medline ou qualquer outra base de dados importante. E o mais interessante seria se ele pegasse dados relevantes para aquele paciente específico, como, por exemplo, idade, sexo, creatinina, uso de captopril e o diagnóstico e fornecesse links relevantes com a associação desses fatores.
Um exemplo abaixo é a integração do VisualDX, exelente app de diagnóstico de imagens, ao prontuário eletrônico.
VisualDx supports the Health Level 7 (HL7) Infobutton standard

Têndêcias Tecnológicas para Medicina em 2015 é um artigo original do TI Medicina. Quando copiá-lo, dar o crédito.

Comentários