14 de jul de 2016

Quais as vantagens você percebe em um prontuário eletrônico?

Temos um grupo no Facebook, o Informática Médica, onde discutimos vários aspectos da informática na Medicina. Outro dia vi um post do Prontuário.net sobre quais as funcionalidades que os médicos mais gostam no prontuário eletrônico. Resolvi perguntar no grupo quais as vantagens (e não funcionalidades) que o médico percebe no PEP.

A verdade é que a maioria dos médicos percebe vantagens no acesso aos dados do paciente, como ferramenta de auxílio a decisão clínica e como prevenção de erros em prescrições.


"Vantagens e desvantagens do uso do PEP
Para comparar o prontuário manuscrito à forma eletrônica, foram destacados trechos da conferência intitulada “Por que uma infraestrutura para sistemas de informação hospitalar é necessária para manter a competitividade?”, citada por Cunha e Silva: 22
[...] o prontuário médico, que todos conhecem (suporte de papel) [...] tem páginas difíceis de ler, escritas a mão, rasuradas [...] mas apesar de um documento de difícil recuperação, existem algumas vantagens em sua forma atual: seu manuseio é fácil, sem dúvida, ele é um volume na mão. A forma com que eu escrevo é absolutamente livre, não é preciso alguém com treinamento especial para manusear o prontuário. Teoricamente, todos os que escrevem devem ter um treinamento absolutamente especializado. E ele não sai do ar, está sempre lá. Às vezes ele desaparece, isso é verdade, mas ele independe da energia elétrica. [...] quando passo para o prontuário eletrônico, tenho uma série de vantagens. A primeira é que consigo recuperar a informação, o que, no papel, é absolutamente impossível. [...] em um sistema, utilizando um computador, posso ter uma forma de comunicação mais adequada, através da voz, linguagem natural. Nestes sistemas [...], posso trabalhar com padrões universalmente aceitos e vocabulários, ponte para troca de mensagens. Com ele poderei fazer estudos multicêntricos, comparar resultados de fato entre uma instituição e outra. Posso interagir sinais e imagens, acessar simultaneamente de vários locais. E se não pudesse nada disso, poderia ler o prontuário, porque muitas vezes não consigo lê-lo no papel. [...] prontuário eletrônico melhora a assistência ao paciente, porque a qualidade da informação melhora [...]”. 

Percebe-se, portanto, que inúmeras são as vantagens e possibilidades advindas da utilização do PEP, tais como:
  • acesso mais veloz ao histórico de saúde e às intervenções às quais o paciente foi submetido; 
  • disponibilidade remota; 
  • uso simultâneo por diversos serviços e profissionais de saúde; 
  • flexibilidade do layout dos dados; 
  • legibilidade absoluta das informações; 
  • eliminação da redundância de dados e de pedidos de exames complementares; 
  • fim da redigitação das informações; 
  • integração com outros sistemas de informação; 
  • processamento contínuo dos dados, deixando-os imediatamente disponíveis para todos os atores envolvidos no cuidado ao paciente; 
  • informações organizadas de forma mais sistemática; 
  • facilidade na coleta dos dados para emissão de relatórios, seja para pesquisa ou faturamento;
  • acesso ao conhecimento atualizado com consequente melhoria do processo de tomada de decisão e da efetividade do cuidado.

Perondi et al.28 identificam outras vantagens, como:
  • inexistência da possibilidade de extravio das fichas
  • controle do fluxo de pacientes nos serviços de saúde; 
  • possibilidade de priorização do atendimento para os casos graves; 
  • disponibilidade dos dados de atendimentos prévios e histórico do paciente; 
  • solicitação e verificação de exames e de medicações; 
  • mais agilidade;
  • aumenta a qualidade no preenchimento dos prontuários
  • pode evitar deterioração, perda e alteração das informações
  • há melhor controle de medicações podendo minimizar erros e padronização do atendimento."

1. Patrício C, Maia M. O prontuário eletrônico do paciente no sistema de saúde brasileiro : uma realidade para os médicos? Sci Med (Porto Alegre) [Internet]. 2011 [cited 2014 Mar 5];21(81):121–31. Available from: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/scientiamedica/article/download/8723/6722.

E você, percebe essas vantagens nos PEPs que usa?

Postagens populares