10 de out de 2013

Demanda de saúde móvel (mHealth) nos dispositivos médicos

Glicosíetro com iPhone

A demanda de atendimento centrado no paciente está mudando o mercado de dispositivos médicos. 
O interesse do consumidor na gestão da saúde pró-ativa com dispositivos de monitoramento integrados aos smartphones , como glicosímetros, além de gadgets de fitness como FitBit, Nike Fuel e Sensoria, está levando os fabricantes de equipamentos médicos a repensar a inovação em eus produtos destinados a pacientes.
Neuroestimulador
A Medtronic, empresa de dispositivos médicos como marcapassos, CDI e bombas de insulina comprou a Cardiocom, empresa de monitorização remota de pacientes e telemedicina. O que faz uma empresa de produtos médicos entrar na área de serviços, especificamente na área de gestão de doenças crônicas?David Shaywitz, colaborador da FORBES, avalia que as empresas de produtos médicos, com a inovação,  tem elevado o custo do cuidado médico e que com a entrada no setor de serviços de monitoramento, além de melhorar a gestão de doenças crônicas, fazer a análise do preço/benefício do produto, agradam o usuário final.
Bomba de insulina
Pacientes estão descobrindo que os smartphones são muito mais que simples telefones celulares e que podem ser tornar valiosos assistentes da sua própria saúde.

 Necessidade saúde móvel (mHealth) nos dispositivos médicos é um posto original do TI Medicina. Quando copiá-lo, adiconar a fonte.

Postagens populares