22 de out de 2009

Boa notícia: Ampliação de vagas de residência médica em área prioritária : Norte, Nordeste e Centro-Oeste.


Governo quer ampliar número de bolsas de residência médica em área prioritária


Carência maior de especialistas é no Norte, Nordeste e Centro-Oeste.
Previsão é que, até 2011, as vagas passem de 1,7 mil para 3,7 mil.



Entre as especialidades que terão prioridade estão atenção primária à saúde, saúde da criança, saúde da mulher, saúde mental, oncologia, saúde do idoso e urgência e emergência.


O Programa Nacional de Apoio à Formação de Médicos Especialistas em Áreas Estratégicas (Pró-Residência) foi lançado pelos Ministérios da Educação e da Saúde nesta quinta-feira (22), em Brasília. As duas pastas vão dividir o custo das bolsas, no valor de R$ 1,9 mil. As informações são da assessoria de imprensa do MEC.



A distribuição das bolsas será feita a partir da apresentação de propostas. Podem se candidatar os hospitais universitários federais, os hospitais de ensino e as secretarias estaduais e municipais de saúde, prioritariamente das Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.


Um primeiro edital, com prazo para apresentação de propostas até 30 de novembro, selecionará projetos de ampliação de vagas em programas já existentes ou de criação de programas que dependam exclusivamente de bolsas de residência para iniciar as atividades. Nessa modalidade, serão distribuídas mil bolsas. A divulgação dos projetos aprovados está prevista para 11 de dezembro.


Outras mil bolsas serão distribuídas entre os projetos apresentados por instituições que necessitam de investimentos em infraestrutura e formação de profissionais médicos para a supervisão dos residentes.Para esse caso, o prazo de apresentação de propostas vai até 31 de janeiro de 2010.
Leia mais no G1

---------
Pensei logo na Anunciação quando vi essa notícia. Seria uma boa idéia montar projetos e enviar ao MEC.


Postagens populares