11 de ago de 2010

Pacientes podem consultar na internet leitos disponíveis de UTIs

A Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib) fez um censo das UTIs públicas e particulares onde trabalham médicos credenciados. Há um levantamento feito por médicos que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva. Esse mapa pode ajudar na hora de distribuir os recursos e está agora na internet.

Uma portaria do Ministério da Saúde determina que cada hospital tenha de 4% a 10% do total de leitos destinados a Unidades de Terapia Intensiva. Agora os pacientes podem saber onde estão muitos desses leitos pela internet.

Foram mapeados 25.367 leitos em mais de duas mil unidades de saúde. A pesquisa mostrou que quase 54% dos leitos estão concentrados na Região Sudeste do país. Número bem maior do que os registrados pelo estudo no Sul e no Nordeste. Segundo a Amib, o Centro-Oeste tem apenas 7,6% do total de leitos. O Norte, 5%.
O Ministério da Saúde informou que o número de leitos é proporcional à população de cada região e que hoje apenas três estados - Maranhão, Acre e Roraima - não têm o número mínimo recomendado de vagas.
“O ministério tem feito um esforço. Somente em 2010, 1,8 mil leitos serão qualificados em todo o país”, aponta o secretário do Ministério da Saúde Alberto Beltrame.
O censo da Amib foi feito no ano passado e pode ser útil no futuro.

Postagens populares