30 de ago de 2010

Avaliação das tecnologias móveis no ambiente hospitalar

O acesso imediato a informação de importância vital - histórico médico, interações medicamentosas, resultados de exames laboratoriais e de imagens e outros dados similares - são essenciais para tomada de decisão, redução de erros médicos e aumento da produtividade da equipe multidisciplinar.
Hoje os avanços na tecnologia Wi-Fi oferecem oportunidade de revitalizar as instituições de saúde de modo a melhorar a comunicação, contribuindo para eficácia e efetividade de médicos, enfermeiras e outros membros da equipe de saúde.
Em resposta aos desafios atuais, hospitais e clínicas estão repensando seus modelos tradicionais de prestação serviço de saúde. Isso diz respeito também a considerar novas tecnologias para equipar melhor os membros das equipes com melhores ferramentas de comunicação - que corroborem os processos de trabalho e possam se adaptar aos ambientes diversos com flexibilidade.

Dispositivos disponíveis no ambiente de saúde:


pagers
Pager: aspectos negativos incluem o fato de ser uma via de mão única de dados, além de irritante e de interromper o trabalho, inclusive sem garantias de recebimento da mensagem ou mesmo que ela será respondida.
celulares
Celulares:
Fornecem uma solução ideal, de longo alcance, por voz, mas cara e que pode sofrer interferência de campos EMI, ás vezes com restrições a alguns locais do hospital.

smartphones
Smartphones e PDAs: Fornece cobertura ideal, embora as opções, preços e características variem bastante. Para ser efetiva em ambiente hospitalar necessita de privacidade garantida e segurança dos dados do paciente e um gerenciamento central é recomendado. Os planos de dados podem ser muito caros, um dispositivo de comunicação de banda dupla, que combina celular e Wi-Fi é desejável para máxima flexibilidade e custo-efetividade.
computer on wheels

Tablets, COWs (computer on wheels): fornecem solução ideal de portabilidade, oferecendo, fácil inserção de dados, telas grandes e apoio aos processos de workflow. Contudo, são caros , há a questão do login, o que pode retardar a tarefa, a segurança dos dados e a bateria limitada.
tablets

O dispositivo ideal seria aquele que tivesse a portabilidade de um smartphone com:

  • Voz (incluindo VoIP) e conectividade de dados, por meio de celular e / ou a conectividade Wi-Fi;
  • Capacidade de processamento de dados suficiente para executar aplicações clínicas e multimídia;
  • Gerenciamento inteligente de energia da bateria;
  • A compressão de dados para preservar a largura de banda de rede;
  • A estrutura de segurança robusta.
clique na imagem para vê-la ampliada


Quem quiser ler o artigo que deu origem a esse post, na íntegra, acesse os links para as partes I e II do Artigo "Revitalizing Healthcare Delivery with Mobile Communications"que recebi da SBIS NEWS.

Postagens populares