17 de mar de 2009

Agregadores, blogs coletivos e jornalismo individual estão em alta

Crédito da foto: Tiago S Costa

Saiu o The State of News Media 2009, relatório anual publicado nesta segunda-feira e que aponta tendências na área de jornalismo e de consumo de notícias. O estudo é bem grande, tem 800 páginas, o que não quer dizer que traga muitas novidades.


Vale notar que a pesquisa é mais voltada ao mercado norte-americano. Algumas conclusões:


1) Mídia impressa está em declínio de audiência e receita com publicidade. Algumas mais (revistas), outras menos (jornais).


2) Número de americanos que acessa a rede para ler notícias subiu 19%. Assim como a receita com publicidade da mídia online cresceu.


As constatações mais interessantes são as 4 últimas, que vêm a seguir:


3) A audiência dos sites de notícias está subindo. Mas está crescendo justamente naqueles que têm um caráter de agregador e organizador de informações (estilo Yahoo News).


4) No último ano, os chamados “sites de jornalismo cidadão” ganharam espaço onde a

grande mídia não cobre direito, principalmente na forma de blogs coletivos atualizados por cidadãos (Alles Blau?).


No entanto, a cobertura feita por esses sites ainda é simples e com pouca periodicidade (não são atualizados o quanto deveriam).


5) Apesar do fracasso de diversos projetos, grandes empresas de comunicação continuam fazendo experimentos com o “jornalismo cidadão”, mas estão descobrindo que os leitores são melhores como fontes do que como jornalistas (apuradores de informação) em si.


6) As pessoas estão indo atrás de indivíduos (jornalismo individual) e não de grandes marcas do jornalismo, o que vai ao encontro da idéia de que na rede seguimos pessoas e não blogs ou marcas (tema de dois posts abaixo).


As conclusões do estudo anterior, em 2008, estão no post - mesmo com a web, as pessoas ainda se informam pelas mesmas fontes.

Postagens populares