20 de mai de 2009

Hong Kong instalará sistema de registro médico centralizado


O ministério de Alimentos e Saúde do governo de Hong Kong, na China, propôs estabelecer um sistema centralizado e universal de registro eletrônico de saude para todos seus habitantes, que permitirá o intercâmbio padronizado de dados entre os provedores de serviço, órgãos governamentais, pacientes, e pagadores.


Será formado um Escritório de Registros de e-Saúde, com um orçamento de mais de 300 milhões de dólares por ano, e que terá entre 200 a 300 empregados.


Espera-se que o primeiro projeto, que usará smartcards para hospitais, comece a funcionar em 2010. O orçamento total de projeto é de mais de 1 bilhão de dólares de Hong Kong (taxa de câmbio: 7.7 HKD para 1 USD).

Resumo por Renato M.E. Sabbatini.

Postagens populares