7 de jun de 2009

Grupo Medial implanta o maior PACS e RIS da América Latina

foto- Horizon Radiology Manager
O grupo Medial concluiu a primeira fase de implantação dos sistemas PACS e RIS em Abril. Dois hospitais da rede, Hospital Alvorada Moema e Hospital Alvorada Santo Amaro, já contam com os sistemas inteiramente integrados. Nos próximos dez meses, todos os 10 hospitais, 43 centros médicos, unidades laboratoriais e o centro avançado de diagnóstico por imagem, que formam a rede própria de atendimento da operadora, também irão usufruir dos benefícios dessas tecnologias.

A implantação das soluções PACS – Picture Archiving and Communications System, considerada a tecnologia mais moderna do mundo em termos de diagnóstico por imagem e RIS – Radiology Information System vai possibilitar a integração dos exames por imagens e laudos em toda a rede própria de atendimento do grupo Medial, dimensão que confere ao projeto o status de maior da América Latina.

O uso de sistemas digitais como PACS e RIS é uma tendência mundial e proporciona maior agilidade nos atendimentos. Com a eliminação da revelação fotográfica dos exames, o tempo para liberação dos resultados diminui em quase 100%. Outro fator que eleva a segurança no diagnóstico é que a ferramenta possibilita ao profissional compartilhar o resultado remotamente com outros especialistas para troca de opiniões, o que elimina a barreira geográfica.

Os benefícios dessa tecnologia atingem todos os envolvidos com o atendimento na área da saúde, desde o médico passando pela operadora de saúde até o paciente. Além das muitas facilidades de verificação dos resultados, há também a possibilidade de definir configurações pessoais de acesso como, por exemplo, a preferência no formato da abertura dos laudos, a ordem como os itens aparecem na tela e outras comodidades. Em breve os médicos também poderão ser informados via SMS (mensagem de texto no celular), sobre a disponibilidade de seus resultados.

“A rapidez nos resultados dos exames modifica positivamente muitas rotinas e pode impactar, inclusive, na diminuição do período de internação. Especialmente nos pronto-socorros, onde parte desse tempo deve-se à espera pelo diagnóstico”, avalia o Dr. Marco Rocha Mello, diretor médico da Unidade de Negócios Diagnósticos do Grupo Medial. “Outra possibilidade que a tecnologia permite é a criação de centros remotos onde equipes de especialistas das mais diversas áreas poderão realizar laudos à distância”, projeta.

Todas essas facilidades geram ganhos no tempo de consulta, qualidade na prestação do serviço hospitalar e economia de recursos.

Postagens populares