18 de dez de 2009

Terapia da Cellonis Biotech baseada em célula-tronco elimina glioma cerebral


Arve Johnsen, 36, da Noruega, um paciente diagnosticado com glioma em 2006 e com reincidência em 2009 após resseção cirúrgica. 


Utilizando uma nova tecnologia da Cellonis Biotechnologies baseada em célula-tronco, Pequim, uma equipe chinesa de pesquisa médica pode eliminar um glioma câncer cerebral de um paciente norueguês de 36 anos de idade em um hospital de Pequim. O tratamento demonstra que o sistema imunológico ativado pode diretamente inibir as células-tronco com tumores bem como as células filhas cancerosas. 
O incrível resultado desse novo tratamento dentro de uma Terapia Extensiva de Câncer indica a Cellonis que as futuras terapias de vacinação podem ser usadas para a lysate de célula-tronco a fim de melhorar a resposta da Célula Dendrítica com antígeno presente. 
"O resultado do primeiro estudo piloto com o Johnsen foi incrível. A tomografia PET-CT de Johnsen demonstra que todo o tumor desapareceu após o tratamento", afirma o Dinggang Li, M.D. PhD. Ele desenvolveu e conduziu a CCT (Comprehensive Cancer Therapy (CCT)) em mais de 100 pacientes internacionais com câncer nos últimos anos. As células dentríticas com diferentes tipos de câncer de cérebro que se relacionam com antígenos que atacam essas células cancerosas e o tratamento da célula CIK são os principais elementos desse tratamento extensivo de câncer. "No primeiro ciclo do tratamento, nós tratamos o paciente com abordagens extensivas, incluindo o SHG-44 carregando a célula dentrítica, a terapia de célula CIK e a TMC (Medicina Chinesa Tradiocional), mas não pudemos controlar a progressão da doença e os tumores continuaram a crescer. Usamos nele a terapia da célula dendrítica que atacou as células cancerosas do cérebro no segundo ciclo do tratamento, o que apresentou uma resposta muito promissora".

CONTATO: Urs. J. Lienert, M.B.A., Diretor Internacional, Cellonis Biotechnologies Co., Ltd., +86-10-6296-2795, celular +86-150-1054-7487 ou +41-76-584-87-60 (Suiza) (de 20 de dezembro de 2009 a 15 de janeiro de 2010), ou urs.lienert@cellonis.com e Lienert.Cellonis@yahoo.com/


*CÉLULAS DENDRÍTICAS: são células imunes que fazem parte do sistema imunológico dos mamíferos. Sua principal função é capturar e transportar os antígenos para a drenagem nos linfonodos. As células dendríticas amadurecem para se tornarem eficientes na apresentação do antígeno. A maturação ocorre em resposta aos produtos microbianos ou aos sinais emitidos pelacélula T ativada. Constituem-se de 1% das células circulantes no sangue periférico. Localizam-se nos tecidos: pele, TGI, e no sistema respiratório (porta de entrada para os microorganismos). Capturar e transportar antígeno para o linfonodo onde estão os linfócitos.





Leia mais em: Yahoo notícias

Postagens populares