21 de dez de 2009

Sistema de apoio a decisão clínica (SAD) dá prêmio a cientista em Coimbra


Gonçalo Pena, do Centro de Matemática do FCTUC






Um programa de simulação em computador que permite reproduzir o fluxo sanguíneo e a sua interacção com as artérias valeu ao investigador Gonçalo Pena, do Centro de Matemática (CMUC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), um prémio, no valor 12 500 euros, atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian no âmbito do Programa de Estímulo à Investigação.

Este programa quer ser uma ferramenta de apoio ao diagnóstico e terapêutica de doenças cardiovasculares. O investigador  cria “um laboratório no computador”, onde é possível simular experiências clínicas sem qualquer perigo para o doente.

A aplicação, de grande importância para a medicina, é uma ferramenta de apoio à decisão clínica porque, explica o investigador premiado “permitirá simular o funcionamento de um sistema biológico altamente complexo”. 

Pretende-se que a plataforma descreva a dinâmica do sangue nas artérias, apoiando o médico a planear em tempo útil a melhor terapêutica ou mesmo a planear uma cirurgia, uma vez que a plataforma permite testar abordagens que possam ser mais adequadas às características de cada doente. 

Os últimos estudos apontam para que até 2050 as doenças do foro cardiovascular sejam a principal causa de morte nos países ocidentais. Este tipo de ferramentas de simulação são assim fundamentais “para compreender e solucionar patologias como a aterosclerose, os aneurismas e as obstruções arteriais, entre outras”, considera Gonçalo Pena.

A investigação está a ser desenvolvida na FCTUC, em parceria com a Université Joseph Fourier Grenoble (França) e o hospital francês La Tronche. A verba atribuída pela Fundação Calouste Gulbenkian vai ser aplicada na extensão de uma plataforma bidimensional já existente a geometrias de artérias tridimensionais.
Fonte: Ciência Hoje PT

Postagens populares