16 de nov de 2010

e-CRM ou CRM digital: certificados digitais conjuntamente com a identidade profissional

projeto do e-CRM

"O CRM Digital será distribuído pelo CFM a partir de 2011 (talvez Março). Será um smartcard, mas sem um certificado digital inserido. Não haverá custos para o médico. Dessa forma, as instituições (hospitais, governo...) podem adquirir no mercado (Serasa, Certisign, Serpro, Caixa...) certificados digitais ICP-BRasil e inserí-los no CRM Digital", afirmou Claudio Giuliano Alves da Costa, presidente da SBIS (Sociedade Brasileira de Informática em Saúde), em nossa lista de discussão na internet.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) prepara-se para emitir certificados digitais conjuntamente com a identidade profissional. Os cenários para gerenciamento dessa tecnologia, que também poderá ser chamada de CRM digital ou e-CRM, foram apresentados pelo representante do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Ruy César Ramos Filho, aos conselheiros federais. 

Certificado digital é um documento eletrônico que tem informações sobre a pessoa, assinado digitalmente por uma terceira parte confiável, com mesmo valor jurídico dos documentos assinados de forma tradicional. 
O diretor de Infra-Estrutura de Chaves Públicas do ITI, Maurício Augusto Coelho, explicou que o certificado digital poderá autenticar e validar com garantias de integridade e sigilo (as informações trafegam de forma criptografada). 
Com essa tecnologia, os processos ético-profissionais também poderiam tramitar eletronicamente, a exemplo do que já faz o judiciário. As eleições dos conselhos de medicina também poderiam ser realizadas de maneira informatizada com certificação digital, com o voto sendo efetuado de computadores privados. "O médico, se ainda não precisa, vai precisar de um certificado digital, seja para exercer seus direitos e deveres como cidadão, seja para exercer seus direitos e deveres como profissional da medicina", estima Coelho. Sul e Sudeste concentram 70% dos médicos brasileiros. Estima-se que 90% deles tenham acesso a computadores pessoais. Inicialmente, este deve ser o principal público para o CRM digital ou e-CRM.

Custos
  • Certificação digital: cerca de R$ 165,00 por três anos (certificado A3), ou seja, R$ 55,00 por ano, ou R$4,16 por mês.
  • Smartcard com chip criptográfico custa em torno dos R$ 50,00 no varejo, chegando à metade deste valor para grandes quantidades, custo este que tende a ser bancado pelos conselhos, como será o caso do CFM.  (informações cedidas por Marcelo Silva, gerente de certificação da SBIS)
Dr. Leonardo Diamante, do blog Controvérsias, Dúvidas e Bobagens,  informa que já existe no mercado computadores tanto notebooks quanto desktop com leitores de mídia embutidos, seja no teclado ou no monitor.
Dell Latitude E6400, com leitor de smartcard


Teclado USB Smart Card HP 

e-CRM ou CRM digital: certificados digitais conjuntamente com a identidade profissional é um post original do TI Medicina.

Postagens populares